Cardápios criativos é o segredo do sucesso da sua festa

Comida japonesa, mini dog, batata sorriso, pizza cone, cascata de chocolate, são tantas opções para agradar os convidados que escolher o que servir pode não ser uma tarefa muito fácil. Além disso, quando se realiza uma festa de 15 anos muitas debutantes querem não só servir bem, mas principalmente, inovar no cardápio para surpreender.

Para acompanhar essas necessidades as empresas desenvolvem cardápios personalizados. “Procuramos montar o menu de forma a fazer não só o tradicional, mas também transformá-lo conforme o gosto de cada debutante. Para isso durante as degustações tentamos conhecer essas necessidades ao máximo e assim colocamos em prática a ideia da aniversariante.”, explica Wallace Fialho, do Buffet Santa Lúcia.

japa-food-01

A sugestão da empresária Marcella Faleiro, do Buffet Faleiro, é que sejam feitos petiscos, pratos e ou guloseimas que possam ser servidos ou que os próprios convidados se sirvam enquanto dançam e se divertem na festa. “É uma opção o prato individual ou Petit Gourmet, que pode ser de massas, crepe ou escondidinho de carne seca. Além disso, fazemos a mesa teen com hambúrguer, mini dog, batata frita, que também atende o gosto dos adolescentes.  Nós orientamos as debutantes que mesmo que elas queriam cardápios muito diferentes, que o ideal é mesclar com o comum para que ela agrade todos os paladares.”, afirma Marcella.

Que tal trazer as delícias do circuito ‘Comida di Buteco’ para a festa de 15 anos? É o que fez o Buffet Gourmet para festa de uma debutante. “Fornecemos os serviços conforme o gosto do cliente, mas orientamos também conforme o perfil da festa. Já servimos pratos do ‘Comida di Buteco’, comida Japonesa com Sushi Man preparando ao vivo, sorvete com calda quente e cone de pizza.”, concluiu Daniel Souza, empresário do Buffet.

Esse momento da organização da festa é muito importante, já que um cardápio ruim pode ficar na memória dos convidados. Por isso é interessante que a debutante gaste o tempo que for necessário para construir o menu mais adequado e apetitoso que deixe todos com “água na boca” só de lembrar o que foi servido.

Por Paula Assunção