O novo mundo da coquetelaria

Para agradar um público que se tornou eclético, o NM Drinks une o fino e o popular

A mixologia moderna ganhou muita informação, nos últimos anos, com a mudança de perfil do público amante de bebidas alcoólicas. O refinado e o trivial estão cada vez mais juntos e conquistaram o paladar da nova geração. Por causa disso, muitos coquetéis foram criados com misturas nunca imaginadas. Grandes marcas, como a Maison Veuve Clicquot, tiveram que sair da zona de conforto com seus clássicos e nobres champagnes para alcançar os mais jovens, bem como o NM Drinks que precisou se reinventar a cada evento para atender a pedidos inusitados.

O gerente do NM Drinks, Marcos Vignoli, conta um pouco da sua vivência atrás dos balcões dos bares nas festas de casamento, baladas e eventos sociais. “Antigamente, eram sempre as mesmas bebidas e misturas. Os drinks eram pedidos só com vodca ou cachaça, hoje não. O público quer um espumante top com frutas comuns, um uísque caro adoçado com xaropes variados, por exemplo. No início, estranhei, mas depois vi que essas combinações surpreendem o paladar”. O NM Drinks lançou, em abril, shots a base de uísque, licor de café e Baileys para mudar o conceito de que shot é feito só com vodca ou cachaça.

Fotos: Leonardo Pedone

“Se fosse há algum tempo, ninguém cogitaria a possibilidade de unir o sofisticado com o simples. Para muitos, seria sinônimo de boicotar uma bebida tradicional: um champagne Veuve Clicquot com abacaxi, manga ou morango? No entanto, atualmente, essa é a tendência e o público jovem, ousado, busca novas experiências e sabores nos coquetéis, drinks, espumantes, enfim, nas taças que bebem”, brinca Fernando Júnior, presidente do Grupo Meet.

 

Contato da Na Mata Drinks:

https://www.instagram.com/nmdrinks/

(031) 3293-8787- (031) 8463-8158

https://www.facebook.com/NMdrinks

 

 

 

Deixe sua mensagem a respeito desse artigo.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.